feirinhaA Feirinha da Gambiarra consolida, em Aracaju, um movimento descontraído, iniciado em 2012, com dezenas de empreendedores que combinam cores, música, livros, diversão, uma série de objetos utilitários e decorativos, peças vintage e boa comida no tradicional passeio do final de semana. É a versão contemporânea da antiga feira hippie que acontece neste domingo, 12 de julho, das 14h às 21h, na área externa da Biblioteca Pública Epifânio Dórea.

Desde a edição anterior, o endereço da Feirinha tem sido a Biblioteca Pública Epifânio Dórea, patrimônio sergipano e a maior e mais antiga casa de leitura do Estado que neste mês comemora 167 anos de existência. E há muito para celebrar nesse espaço histórico, os idealizadores calculam que nesta sétima edição da Gambiarra, cerca de 5 mil pessoas visitarão os estandes. “Nosso maior desafio é suprir a necessidade de inovação que as pessoas têm, além, é claro, de aproveitar para ocupar os espaços públicos com criatividade”, afirma a organizadora do evento Isabele Ribeiro.

Lá, a animação corre solta, é um paraíso para gente moderna, “caçadores” de tendências e para quem quer investir num consumo criativo. A programação inclui muita música autoral com Chorinho Braúna, DJ Kaska (Global Beats), Tiago Ruas e Werden. No cardápio especial, vão ter barraquinhas com churros, cupcakes e outras delícias. Além de área infantile, ONG´s de animais (Anjos de um Resgate, Pata a Pata e Adasfa) e carros antigos em parceria com o pessoal da Memorauto.

Foto: f5news.com.br