educacaoInstituições de ensino superior têm um novo prazo, até 30 de outubro, para inscrever projetos de pesquisa sobre igualdade racial, combate ao racismo, valorização da cultura e das línguas indígenas, acessibilidade, inclusão.

A iniciativa promovida pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) irá selecionar até 50 propostas no âmbito do Programa de Desenvolvimento Acadêmico Abdias Nascimento. Pretende estruturar, fortalecer e internacionalizar programas de pesquisa e pós-graduação e aumentar o intercâmbio acadêmico entre instituições brasileiras e estrangeiras.

As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas pela internet, mediante preenchimento do formulário de inscrição e envio de documentos eletrônicos na página do programa. Para obter mais informações acesse http://abdiasnascimento.mec.gov.br.

Todas as áreas do conhecimento podem concorrer, mas têm preferência na seleção propostas de promoção da igualdade racial, combate ao racismo, estudo e valorização das especificidades socioculturais e linguísticas dos povos indígenas, acessibilidade e inclusão, difusão do conhecimento da história e cultura afro-brasileira e indígena.

Cada projeto selecionado receberá R$ 2,8 milhões, será contemplado com 14 bolsas de mobilidade internacional, sendo dez bolsas de graduação-sanduíche, com duração de um a 12 meses, e quatro bolsas de doutorado-sanduíche, com duração de quatro a 12 meses.

As atividades nas instituições terão início em 2015 com prazo de dois anos, podendo ter um ano de acréscimo. O resultado da seleção será divulgado no dia 5 de dezembro.