Desde 2015, a União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) promove campanhas que visam tratar da saúde, física e mental, de toda a população. Com a chegada de mais um mês de setembro, a entidade aborda a principal pauta do mês: a prevenção ao suicídio. Este ano o slogan escolhido foi “Estamos conectados com você”, com uma ação promovida nas redes sociais da entidade, em busca da disseminação de informações de combate à depressão e ao suicídio.

Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), a cada ano cerca de 800 mil pessoas tiram a própria vida, e um número ainda maior de indivíduos tenta suicídio. Cada suicídio é uma tragédia que afeta famílias, comunidades e países inteiros e tem efeitos duradouros sobre as pessoas deixadas para trás. O maior índice de pessoas que cometem suicídio no Brasil e no mundo é de jovens entre 15 e 24 anos. Esta é a segunda maior causa de mortes no país, perdendo apenas para acidentes de carro.

Deve-se ter um cuidado maior com pessoas que se isolam, mudam drasticamente seus hábitos, perdem interesse em atividades que costumavam gostar, descuidam de sua aparência, rendem menos em trabalhos e estudos, pois todos esses sintomas alertam que a pessoa precisa de tratamento. Os motivos do suicídio costumam ser diferentes como: depressão, bullying, problemas amorosos ou familiares, traumas emocionais e uso de drogas ou álcool. Onde se deve buscar ajuda? Nos Centos de Atuação Psicossocial (Caps), em Unidades Básicas de Saúde (Saúde da família, Postos e Centros de Saúde), em Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Pronto Socorro, Hospitais ou em casos de emergência se pode optar pelo Samu 192.

Além disso, o Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973, que presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato. Se você sente que precisa de ajuda ou conhece alguém que necessite, basta ligar no 188. Também é possível acessar www.cvv.org.br para chat, disponível 24 horas.